A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT

A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT
AgroBrasil - @gricultura Brasileira Online
Ofereci meus ombros. Como escada ele subiu. Abri o caminho para ele passar. Na hora da porrada a cara era a minha. Fui seu irmão seu amigo e companheiro... Um dia encontrou comigo. Me deu um beijo. Virou as costas e partiu. Lembrei de Jesus e as 30 moedas"
Poema do mensaleiro João Paulo Cunha que revela a mágoa em relação ao ex-presidente LULArápio.
"Anos atrás recebi do então governador de Brasília Cristovam Buarque o ‘premio manuel bonfim’, atribuído ao meu livro "Chatô, o rei do Brasil". Já pedi à Marília para localizar a placa de prata. Vou devolver. de golpista não quero nada. Nem prêmio".

Escritor Petralha Fernando Morais

“Que pena que nossos gênios estejam tão obtusos. E tão viciados no aparelhamento. O PT corrompeu mais do que a política, corrompeu a inteligência e o caráter. E aos poucos vão mostrando que a volta da Dilma por mais dois anos, com essa gente, vai embrutecer o País e seguir se apropriando do Estado. Pior que não tem juiz Moro para este tipo de roubo: da inteligência e do caráter. Ele não falou em devolver os dez mil que recebeu do prêmio. Na época eram dez mil dólares. Nem o que ele fazia no governo do Quercia".

Senador Cristovam Buarque

sexta-feira, junho 20, 2014

COPA DO PT: O hino oficial da copa do PT


EI D I L M A VAI T... N... C...

O hino da COPA do PT surgiu no show do RAPPA ...






O que sobrou para a esquerda governista e parte da imprensa chapa-branca que suportam Dilma Rousseff e o governo do PT justificarem um protesto espontâneo contra a presidente, entoado por 60.000 pessoas na abertura da Copa? O de sempre. A velha pregação da luta de classes. Agora dizem que não havia negros no Itaquerão, que lá estava apenas a elite paulistana e a direita raivosa. E que por isso houve quatro ou cinco vaias contra a presidente. A mentira não para em pé.



O mesmo xingamento de ontem foi ouvido há duas semanas num show gratuito de rock, realizado em Ribeirão Preto, interior de São Paulo. Lá estava o rapper Falcão, um negro, band leader do Rappa. Antes do início do show, Falcão, um negro, fez uma crítica equilibrada e sensata sobre a Copa do Mundo. Espontânea e surpreendentemente 40.000 jovens endossaram as palavras de Falcão e passaram a entoar a mesma vaia repetida ontem por 60.000 pessoas no jogo da abertura. 



O que fica claro é a indignação dos brasileiros, indiferente de idade, raça ou posição social, contra a Copa do Mundo fora do campo. Não é contra o país. Não é contra a seleção brasileira. Não é contra o nosso Hino Nacional, maravilhosamente cantado à capela. É contra o governo do PT, ali representado pela Presidente da República. Uma indignação que está presa na garganta. Uma revolta. Um prenúncio. Só não vê quem não quer.











Aconteceu em Ribeirão Preto, São Paulo, a 13ª edição do João Rock, considerado o maior festival de música pop e rock do interior. Segundo estimativas, 40 mil pessoas estavam no evento. E eis o que aconteceu: milhares de pessoas começaram a xingar a presidente Dilma, mandando ela para um lugar não muito aprazível e que sequer posso mencionar aqui, para não ferir o decoro.



Sinais dos tempos? Artistas saindo da toca em quantidade cada vez maior, cansados do governo petista? O clima está realmente estranho. O PT conseguiu segregar mesmo a população toda. De um lado, aqueles pagos para defender o indefensável; do outro, o restante, de saco cheio de tanta incompetência, corrupção, mediocridade e ufanismo oportunista.


Vou torcer para o Brasil na Copa. Nosso país é maior do que o PT, e a seleção não tem culpa das falcatruas do governo. Uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa. Quero que nosso país seja campeão. Só não quero ver uso e abuso político disso depois, pelo governo, o que seria asqueroso. Mas acho, sinceramente, que a maioria do povo está ciente disso e poderia ser até um tiro no pé o PT tentar se aproveitar de uma eventual vitória.

Chega de PT! Viva o Brasil!

Rodrigo Constantino





O hino da COPA do PT conquistou os BRASILEIROS ...


Dilma é hostilizada durante abertura da Copa do Mundo em São Paulo


A presidente Dilma Rousseff foi hostilizada durante a abertura da Copa do Mundo em São Paulo nesta quinta-feira. Xingamentos contra a presidente foram ouvidos em dois momentos antes da partida: após a chegada de Dilma ao estádio e após a execução do hino nacional, já a poucos minutos do início do jogo. No segundo tempo, Dilma foi xingada mais duas vezes.

O vídeo abaixo mostra os gritos contra a presidente após a execução do hino. Houve também xingamentos contra a Fifa.

Os gritos com palavrões começaram na área VIP e se espalharam por outras partes das arquibancadas da Arena Corinthians.

Dilma não fez discurso durante a abertura. Vestida de verde, acompanhou o jogo ao lado do presidente da Fifa, Joseph Blatter, na Arena Corinthians, e Ban Ki-moon, secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU).

Fonte: O Globo



Torcida na Arena Pantanal, em Cuibá, manda seu recado para Dilma





Torcida no Estádio Mineirão, em Belo Horizonte, manda seu recado para Dilma


Nenhum comentário:

Arquivo do blog