A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT

A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT
AgroBrasil - @gricultura Brasileira Online
Ofereci meus ombros. Como escada ele subiu. Abri o caminho para ele passar. Na hora da porrada a cara era a minha. Fui seu irmão seu amigo e companheiro... Um dia encontrou comigo. Me deu um beijo. Virou as costas e partiu. Lembrei de Jesus e as 30 moedas"
Poema do mensaleiro João Paulo Cunha que revela a mágoa em relação ao ex-presidente LULArápio.
"Anos atrás recebi do então governador de Brasília Cristovam Buarque o ‘premio manuel bonfim’, atribuído ao meu livro "Chatô, o rei do Brasil". Já pedi à Marília para localizar a placa de prata. Vou devolver. de golpista não quero nada. Nem prêmio".

Escritor Petralha Fernando Morais

“Que pena que nossos gênios estejam tão obtusos. E tão viciados no aparelhamento. O PT corrompeu mais do que a política, corrompeu a inteligência e o caráter. E aos poucos vão mostrando que a volta da Dilma por mais dois anos, com essa gente, vai embrutecer o País e seguir se apropriando do Estado. Pior que não tem juiz Moro para este tipo de roubo: da inteligência e do caráter. Ele não falou em devolver os dez mil que recebeu do prêmio. Na época eram dez mil dólares. Nem o que ele fazia no governo do Quercia".

Senador Cristovam Buarque

+ LIDAS NA SEMANA

terça-feira, junho 17, 2014

A HIPOCRISIA DO PT: Internauta é censurada e bloqueada no Facebook da Presidência da República



A advogada Patricia Bueno foi bloqueada e impedida de participar das discussões na página no Facebook da Presidência-Geral da República por postar comentários considerados "negativos" ao controverso Decreto 8.243 da Presidente Dilma Rousseff.




A página oficial tem por objetivo incentivar a participação popular. Por esse motivo, a advogada afirma que é muito grave que a intervenção dos cidadãos seja censurada.


A advogada solicitou sua reinclusão na página e não recebeu resposta. Ela então entrou em contato com a página por telefone e recebeu o endereço de e-mail do responsável pela página, Sr. Sérgio Alli, para quem escreveu solicitando novamente sua reinclusão. O servidor respondeu à advogada, por e-mail e através do próprio Facebook, acusando-a de ter cometido crimes de 'injúria, calúnia ou difamação'. 

Para justificar a exclusão da advogada, o servidor menciona as opiniões que ela expressou em sua página pessoal no Facebook. São mencionadas várias postagens da página da advogada no Facebook, inclusive um compartilhamento do vídeo humorístico da "galinha Pintadilma" que fez grande sucesso nas redes sociais.





O servidor público em questão apagou seu comentário algumas horas mais tarde, mas os 'print screens' continuam a circular entre os internautas. 

O vídeo considerado 'criminoso' é um vídeo satírico, produzido por humoristas, após a presidente Dilma ter declarado simpatizar com o personagem infantil conhecido como "a Galinha Pintadinha". 

O que os amigos pensam a respeito?



VEJA O VÍDEO DA GALINHA PINTADILMA

Nenhum comentário:

Arquivo do blog