A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT

A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT
AgroBrasil - @gricultura Brasileira Online
Ofereci meus ombros. Como escada ele subiu. Abri o caminho para ele passar. Na hora da porrada a cara era a minha. Fui seu irmão seu amigo e companheiro... Um dia encontrou comigo. Me deu um beijo. Virou as costas e partiu. Lembrei de Jesus e as 30 moedas"
Poema do mensaleiro João Paulo Cunha que revela a mágoa em relação ao ex-presidente LULArápio.
"Anos atrás recebi do então governador de Brasília Cristovam Buarque o ‘premio manuel bonfim’, atribuído ao meu livro "Chatô, o rei do Brasil". Já pedi à Marília para localizar a placa de prata. Vou devolver. de golpista não quero nada. Nem prêmio".

Escritor Petralha Fernando Morais

“Que pena que nossos gênios estejam tão obtusos. E tão viciados no aparelhamento. O PT corrompeu mais do que a política, corrompeu a inteligência e o caráter. E aos poucos vão mostrando que a volta da Dilma por mais dois anos, com essa gente, vai embrutecer o País e seguir se apropriando do Estado. Pior que não tem juiz Moro para este tipo de roubo: da inteligência e do caráter. Ele não falou em devolver os dez mil que recebeu do prêmio. Na época eram dez mil dólares. Nem o que ele fazia no governo do Quercia".

Senador Cristovam Buarque

+ LIDAS NA SEMANA

quinta-feira, março 20, 2014

SOCIEDADE MILITAR: O Globo novamente ataca a Marcha da Família. Isso gera mais motivação?

Do Site Sociedade Militar





Novamente Tatiana Farah escreve sobre a marcha que vai ocorrer no dia 22. Como nada de negativo pode se dizer sobre o movimento do próximo final de semana, surgido nas redes sociais de forma espontanea e democratica, a maior parte de suas palavras se dirigem ao movimento do passado, que motivou os militares a intervir para impedir o avanço comunista. São também dentro do que se considera como politicamente correto. Afinal, é uma jornalista jovem, e trabalha para a Globo. 

Já era de se esperar que não se arriscaria. Apenas cumpre, ao que parece, a função de minimizar um evento que não pode mais ficar fora dos jornais, assumiu proporções grandes demais
 


No artigo do GLOBO ela diz que por traz da marcha de 1964 estava a CIA. Mas, não explica o que a agência americana fez e nem como mobilizou centenas de milhares de brasileiros em várias cidades. Os números são colocados de forma interessante. Diz que “pouco mais de 100 mil” pessoas participaram da Marcha que aconteceu em 1964. Sabemos que foram mais de 200 mil, mas ainda que fosse a metade já seria um número magnífico. 

A reportagem de Tatiana diz ainda, como se fosse um demérito, que quem participou da marcha foi a classe média. Bom que tenha mencionado isso. Se a classe média de hoje participar do evento de sábado haverá cerca de 110 milhões de pessoas nas ruas, pois segundo informações da própria Globo esse é o número dos componentes dessa fatia da população.
 
Certo militar essa semana disse que a Intervenção Militar de 1964 foi, para o Brasil, o evento mais importante do século XX. Ele não está errado.
 
É de assustar que até reconhecidos articulistas conservadores essa semana tenham divulgado notas conflituosas, repletas de “me falaram”, “tenho fontes” etc. Será rancor por não protagonizar um papel importante no que podemos chamar de reação da nova direita brasileira? 
 
De resto, aguardar. Faltam apenas dois dias e a esquerda está cada vez mais sobressaltada com o evento, que promete levar milhares de pessoas ás ruas das principais capitais do país.
 

+ LIDAS NOS ÚLTIMOS 30 DIAS

Arquivo do blog