A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT

A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT
AgroBrasil - @gricultura Brasileira Online
Ofereci meus ombros. Como escada ele subiu. Abri o caminho para ele passar. Na hora da porrada a cara era a minha. Fui seu irmão seu amigo e companheiro... Um dia encontrou comigo. Me deu um beijo. Virou as costas e partiu. Lembrei de Jesus e as 30 moedas"
Poema do mensaleiro João Paulo Cunha que revela a mágoa em relação ao ex-presidente LULArápio.
"Anos atrás recebi do então governador de Brasília Cristovam Buarque o ‘premio manuel bonfim’, atribuído ao meu livro "Chatô, o rei do Brasil". Já pedi à Marília para localizar a placa de prata. Vou devolver. de golpista não quero nada. Nem prêmio".

Escritor Petralha Fernando Morais

“Que pena que nossos gênios estejam tão obtusos. E tão viciados no aparelhamento. O PT corrompeu mais do que a política, corrompeu a inteligência e o caráter. E aos poucos vão mostrando que a volta da Dilma por mais dois anos, com essa gente, vai embrutecer o País e seguir se apropriando do Estado. Pior que não tem juiz Moro para este tipo de roubo: da inteligência e do caráter. Ele não falou em devolver os dez mil que recebeu do prêmio. Na época eram dez mil dólares. Nem o que ele fazia no governo do Quercia".

Senador Cristovam Buarque

+ LIDAS NA SEMANA

segunda-feira, março 10, 2014

RODRIGO CONSTANTINO: Revolucionários do MST fazem um “upgrade”: do McDonald’s para o Outback

Rodrigo Constantino expõe o MST


Essa coisa de fazer revolução socialista dá muito trabalho. E fome. Por isso que, após uma típica manifestação contra os imperialistas ianques e a exploração capitalista, podemos ver ativistas “sem-terra” fazendo um lanchinho em alguma cadeia capitalista multinacional qualquer. A foto da turma em fila no McDonald’s já é conhecida:

Mas uma casquinha do McDonald’s é muito pouco, convenhamos. Nossos guerreiros da luta socialista querem mais, muito mais! Por que não podem frequentar, por exemplo, o Outback? Só porque um prato ali custa o salário mensal de um típico cubano? Não é justo, não é justo. E eis que um leitor me manda a foto do flagrante de uma dessas batalhadoras do MST em momento de merecido descanso:



Reparem que a guerreira ainda se atualizou por meio de seu smartfone acerca dos últimos acontecimentos revolucionários. Talvez ela estivesse checando como foi a repercussão do último ato de “protesto” extremamente cansativo de seus companheiros, como podemos ver abaixo:


Pergunta: quem ainda leva o MST a sério?

Rodrigo Constantino

+ LIDAS NOS ÚLTIMOS 30 DIAS

Arquivo do blog