A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT

A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT
AgroBrasil - @gricultura Brasileira Online
Ofereci meus ombros. Como escada ele subiu. Abri o caminho para ele passar. Na hora da porrada a cara era a minha. Fui seu irmão seu amigo e companheiro... Um dia encontrou comigo. Me deu um beijo. Virou as costas e partiu. Lembrei de Jesus e as 30 moedas"
Poema do mensaleiro João Paulo Cunha que revela a mágoa em relação ao ex-presidente LULArápio.
"Anos atrás recebi do então governador de Brasília Cristovam Buarque o ‘premio manuel bonfim’, atribuído ao meu livro "Chatô, o rei do Brasil". Já pedi à Marília para localizar a placa de prata. Vou devolver. de golpista não quero nada. Nem prêmio".

Escritor Petralha Fernando Morais

“Que pena que nossos gênios estejam tão obtusos. E tão viciados no aparelhamento. O PT corrompeu mais do que a política, corrompeu a inteligência e o caráter. E aos poucos vão mostrando que a volta da Dilma por mais dois anos, com essa gente, vai embrutecer o País e seguir se apropriando do Estado. Pior que não tem juiz Moro para este tipo de roubo: da inteligência e do caráter. Ele não falou em devolver os dez mil que recebeu do prêmio. Na época eram dez mil dólares. Nem o que ele fazia no governo do Quercia".

Senador Cristovam Buarque

+ LIDAS NA SEMANA

quarta-feira, julho 12, 2006

FLV 2006 debate redução de perdas no varejo

Evento, que começa domingo (16), reúne toda a cadeia do abastecimento

A 3ª edição da Conferência e Feira de Flores, Frutas, Legumes e Verduras - FLV 2006 que começa domingo (16) e vai até 18 de julho, no Pavilhão Branco do Expo Center Norte, em São Paulo, tem como principal tema o debate de como reduzir as perdas do setor na cadeia do abastecimento. O evento, realizado pela Associação Paulista de Supermercados (Apas), tem o ciclo de palestras organizado com apoio técnico-acadêmico do GVcev, o Centro de Excelência em Varejo da Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas.
A feira reúne cerca de 150 expositores nacionais e internacionais em 2.300 metros quadrados de área de exposição. Durante os três dias do evento são esperados 10 mil visitantes, entre compradores, supermercadistas, atacadistas, varejistas, feirantes, importadores e exportadores de todo o País.
A venda de hortifrutis cresceu muito no varejo e hoje representa entre 8% e 12% do faturamento dos supermercados. “A seção de FLV é geradora de tráfego e alavanca vendas por impulso em outras seções da loja”, salienta o presidente da Apas, Sussumu Honda. Ele lembra que o segmento de FLV pode inclusive ser considerado o cartão de visitas do estabelecimento. Porém, o prazo de validade é curto e as perdas são altas, cerca de 6% no varejo. Em toda a cadeia produtiva (do produtor ao consumidor final) as perdas, em alguns produtos, podem chegar a 30%.
Para discutir as relações entre fornecedores e supermercadistas, e permitir a evolução de toda a cadeia do abastecimento, será realizado um ciclo de palestras (programação abaixo). Os expositores da FLV 2006 são produtores, atacadistas, importadores de produtos hortifrutigranjeiros e permissionários da Ceagesp.

FLV e FCN
Neste ano, a 3ª Conferência e Feira de Flores, Frutas, Legumes e Verduras - FLV 2006 e a 2ª Feira de Centrais de Negócios - FCN 2006 acontecem simultaneamente, de 16 a 18 de julho, no Pavilhão Branco do Expo Center Norte, em São Paulo.

Nenhum comentário:

+ LIDAS NOS ÚLTIMOS 30 DIAS

Arquivo do blog