A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT

A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT
AgroBrasil - @gricultura Brasileira Online
Ofereci meus ombros. Como escada ele subiu. Abri o caminho para ele passar. Na hora da porrada a cara era a minha. Fui seu irmão seu amigo e companheiro... Um dia encontrou comigo. Me deu um beijo. Virou as costas e partiu. Lembrei de Jesus e as 30 moedas"
Poema do mensaleiro João Paulo Cunha que revela a mágoa em relação ao ex-presidente LULArápio.
"Anos atrás recebi do então governador de Brasília Cristovam Buarque o ‘premio manuel bonfim’, atribuído ao meu livro "Chatô, o rei do Brasil". Já pedi à Marília para localizar a placa de prata. Vou devolver. de golpista não quero nada. Nem prêmio".

Escritor Petralha Fernando Morais

“Que pena que nossos gênios estejam tão obtusos. E tão viciados no aparelhamento. O PT corrompeu mais do que a política, corrompeu a inteligência e o caráter. E aos poucos vão mostrando que a volta da Dilma por mais dois anos, com essa gente, vai embrutecer o País e seguir se apropriando do Estado. Pior que não tem juiz Moro para este tipo de roubo: da inteligência e do caráter. Ele não falou em devolver os dez mil que recebeu do prêmio. Na época eram dez mil dólares. Nem o que ele fazia no governo do Quercia".

Senador Cristovam Buarque

+ LIDAS NA SEMANA

terça-feira, maio 23, 2006

Comissão denuncia violência contra produtor rural

A Comissão de Agricultura da Câmara dos Deputados vai realizar nesta quarta-feira, dia 24 de maio, uma reunião de debate para discutir a ação da Polícia Rodoviária Federal no município goinano de Mineiros, no qual houve prisões de produtores rurais. Para a reunião foi convidado o diretor da Polícia Rodoviária Federal, Hélio Cardoso Derene, que deverá prestar esclarecimentos a respeito da ação policial.
O deputado Ronaldo Caiado (PFL/GO), autor do requerimento, vai apresentar uma reportagem exibida por emissora de TV local no qual aparecem policiais efetuando a prisão de dois agricultores. Outras denúncias de prisões e violência contra produtores surgiram no Mato Grosso, na semana passada.
Para o parlamentar, qualquer ação de arbitrariedade deve ser levada à público, já que o próprio Presidente Luiz Inácio Lula da Silva garantiu aos governadores, em reunião do dia 16, que a polícia não iria usar da violência para reprimir as manifestações.
As manifestações dos produtores rurais nas rodovias brasileiras foram desencadeadas no início de maio como forma de protesto para mostrar à sociedade os problemas enfrentados pelo setor e o não atendimento das suas solicitações por parte do governo federal.
Especificamente, os produtores de grãos (arroz, soja, milho, trigo e sorgo) e de algodão vêm sofrendo uma das mais graves crises de renda dos últimos tempos por conta de fatores climáticos que reduziram a produção e a produtividade das lavouras em vários estados produtores, problemas cambiais que levaram à redução da rentabilidade da safra, e os altos de custos de produção, além da gradual e consecutiva redução de recursos a juros controlados para a agricultura.
A Audiência Pública está marcada para às 10 horas de amanhã, quarta-feira, dia 24 de maio, no Plenário 6 das Comissão – Anexo II – Câmara dos Deputados.

Informações: (61) 3216-6402


Guida Gorga
Assessora de Comunicação
Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural
Câmara dos Deputados
Brasília -DF
(61) 32166402 e 92756890

Nenhum comentário:

+ LIDAS NOS ÚLTIMOS 30 DIAS

Arquivo do blog