A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT

A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT
AgroBrasil - @gricultura Brasileira Online
Ofereci meus ombros. Como escada ele subiu. Abri o caminho para ele passar. Na hora da porrada a cara era a minha. Fui seu irmão seu amigo e companheiro... Um dia encontrou comigo. Me deu um beijo. Virou as costas e partiu. Lembrei de Jesus e as 30 moedas"
Poema do mensaleiro João Paulo Cunha que revela a mágoa em relação ao ex-presidente LULArápio.
"Anos atrás recebi do então governador de Brasília Cristovam Buarque o ‘premio manuel bonfim’, atribuído ao meu livro "Chatô, o rei do Brasil". Já pedi à Marília para localizar a placa de prata. Vou devolver. de golpista não quero nada. Nem prêmio".

Escritor Petralha Fernando Morais

“Que pena que nossos gênios estejam tão obtusos. E tão viciados no aparelhamento. O PT corrompeu mais do que a política, corrompeu a inteligência e o caráter. E aos poucos vão mostrando que a volta da Dilma por mais dois anos, com essa gente, vai embrutecer o País e seguir se apropriando do Estado. Pior que não tem juiz Moro para este tipo de roubo: da inteligência e do caráter. Ele não falou em devolver os dez mil que recebeu do prêmio. Na época eram dez mil dólares. Nem o que ele fazia no governo do Quercia".

Senador Cristovam Buarque

segunda-feira, abril 23, 2018

Café especial: ações internacionais em março devem gerar US$ 13,4 milhões em negócios


Café especial: ações internacionais em março devem gerar US$ 13,4 milhões em negócios

BSCA e Apex-Brasil realizaram atividades em feiras na Austrália, Singapura e China


Desenvolvido para promover e consolidar a marca dos cafés especiais do Brasil em todo o mundo, o projeto setorial "Brazil. The Coffee Nation", realizado em parceria por Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA) e Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), contou com atividades em Singapura, Austrália e China em março. No total, o trabalho de promoção poderá gerar US$ 13,4 milhões em negócios, sendo US$ 4,04 milhões já concretizados presencialmente nos eventos e a expectativa de mais US$ 9,34 milhões nos próximos 12 meses.

Na Austrália, de 22 a 24 de março, nove empresas brasileiras participaram da Melbourne International Coffee Expo – MICE 2018, apresentando aos participantes cafés especiais de diversas origens produtoras. Esta ação rendeu US$ 2,57 milhões em negócios imediatos e a expectativa para a concretização de mais US$ 5,74 milhões ao longo dos próximos 12 meses.

O estande da BSCA contou com três áreas funcionais: o espresso/brew bar, onde foi realizada degustação permanente de cafés brasileiros "single origin"; espaço para sessões de cupping, possibilitando que os associados se aproximassem de importadores e torrefadores, constituindo ocasião de networking com esses potenciais compradores; e business lounge, que serviu para os empresários brasileiros realizarem negócios com potenciais clientes.

Na China, o projeto "Brazil. The Coffee Nation" conduziu a participação de dez empresas nacionais na Hotelex Shanghai Expo Finefoods, maior feira do setor de hotelaria e food service do país. A movimentação financeira durante os dias 26 e 29 do mês passado totalizou US$ 1,470 milhão e abriu a possibilidade para a concretização de mais US$ 3,1 milhões em negócios até março de 2018.

A participação brasileira ocorreu no estande da BSCA, que foi dividido em quatro espaços e disponibilizou sala de cupping, voltada para sessões de degustação de café verde; brew bar, com degustação dos grãos torrados e de cafés de concursos selecionados pela Associação; espaço individual para cada empresa participante; e uma área de relacionamento com mesas para reuniões de negócios.

Entre 22 e 24 de março, uma empresa brasileira marcou o início da participação do País na Café Asia 2018, em Singapura. A exposição é voltada a pessoas que pretendem empreender nos setores de café e chá, reunindo profissionais de todas as etapas do processo, desde a produção até o consumo dos produtos. Nessa primeira participação, houve o prognóstico para a realização de US$ 500 mil em negócios durante os próximos 12 meses.

A BSCA contou com um estande na exposição, onde ocorreram degustações e sessões particulares dos associados. O objetivo principal de promoção foi atingido, resultando na frequência significativa de pessoas interessadas em buscar mais informações sobre os cafés especiais brasileiros. A ação contou, ainda, com a presença da Embaixada do Brasil em Singapura.

Para a diretora da BSCA, Vanusia Nogueira, a precisão que os gestores do "Brazil. The Coffee Nation" possuem permite que, a cada ano, o País amplie suas ações e a participação em eventos nos mercados-alvo, atraindo mais empresários nacionais e despertando maior interesse por parte dos compradores e do público internacional. Ela acredita que o projeto setorial é fundamental para conhecer melhor os países em potencial, ampliando novos mercados, e consolidar a marca dos cafés especiais brasileiros nos tradicionais.

"Apesar de ser um mercado ainda pequeno, Singapura é um grande centro de distribuição e transferência de mercadorias para toda a Ásia. A ascensão financeira chinesa nas últimas décadas tornou o País muito atrativo e os profissionais de lá têm real e crescente interesse pelos cafés especiais brasileiros. Na Austrália, os prognósticos permanecem favoráveis e o Brasil já colhe os frutos deste esforço de promoção empreendido, com a melhoria na imagem dos cafés brasileiros e o aumento do número de exportadores e nos volumes negociados", conclui.

Mais informações para a imprensa
BSCA – Assessoria de Comunicação
Paulo André C. Kawasaki
(61) 98114-6632 / ascom@bsca.com.br
BSCA - Brazil Specialty Coffee Association
Telefones: (35) 3212-4705 / 3212-6302
E-mail: ascom@bsca.com.br





Nenhum comentário:

+ LIDAS NOS ÚLTIMOS 30 DIAS

Arquivo do blog