A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT

A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT
AgroBrasil - @gricultura Brasileira Online
Ofereci meus ombros. Como escada ele subiu. Abri o caminho para ele passar. Na hora da porrada a cara era a minha. Fui seu irmão seu amigo e companheiro... Um dia encontrou comigo. Me deu um beijo. Virou as costas e partiu. Lembrei de Jesus e as 30 moedas"
Poema do mensaleiro João Paulo Cunha que revela a mágoa em relação ao ex-presidente LULArápio.
"Anos atrás recebi do então governador de Brasília Cristovam Buarque o ‘premio manuel bonfim’, atribuído ao meu livro "Chatô, o rei do Brasil". Já pedi à Marília para localizar a placa de prata. Vou devolver. de golpista não quero nada. Nem prêmio".

Escritor Petralha Fernando Morais

“Que pena que nossos gênios estejam tão obtusos. E tão viciados no aparelhamento. O PT corrompeu mais do que a política, corrompeu a inteligência e o caráter. E aos poucos vão mostrando que a volta da Dilma por mais dois anos, com essa gente, vai embrutecer o País e seguir se apropriando do Estado. Pior que não tem juiz Moro para este tipo de roubo: da inteligência e do caráter. Ele não falou em devolver os dez mil que recebeu do prêmio. Na época eram dez mil dólares. Nem o que ele fazia no governo do Quercia".

Senador Cristovam Buarque

+ LIDAS NA SEMANA

segunda-feira, dezembro 05, 2016

EMBRAPA: Curso de ILPF tem dia de campo e palestra com produtores





No último dia do 5º Curso de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF), realizado de 28 a 30 de novembro na Embrapa Gado de Corte (Campo Grande, MS), os participantes foram ao campo conhecer mais sobre os temas abordados durante o curso. O produtor rural Gustavo Guimarães, que possui uma propriedade rural no Centro e outra no Sul de Minas, disse que participou do treinamento visando adquirir conhecimentos sobre Integração Lavoura-Pecuária (ILP) e que pretende implantar o sistema em uma das fazendas. 




No dia de campo, o pesquisador da Embrapa, Roberto Giolo, apresentou o projeto agrossilvipastoril, no qual são desenvolvidos estudos com três sistemas para avaliar a densidade de árvores em sistemas integrados: um de ILP, outro de ILPF com 227 árvores por hectare e um terceiro com 357 árvores por hectare. 

Ele explicou que são três sistemas diferentes, cada um com um potencial. “Para um pecuarista, estamos percebendo que os sistemas com um nível intermediário de 227 árvores por hectare, permite uma boa produção pecuária, além da produção de madeira. Quando se coloca uma densidade mais alta, a produção pecuária cai, apesar de se ter uma maior produção de madeira. Então vai depender muito do objetivo do produtor. No caso do pecuarista, nós imaginamos que a opção vai ser por aquele sistema que dê uma maior produção de gado”. 

Durante o curso, o diretor do Grupo Mutum, Moacir Reis, e o gerente do Grupo Sapé Agro, Artur Falcette, ambos parceiros da Embrapa, apresentaram suas experiências. Desde 2006 trabalhando com ILPF, Moacir Reis contou que a implantação de floresta na propriedade começou em 2004. A pecuária foi um pouco antes, entre 2000 e 2001. “O produtor tem que estar sempre consciente sobre onde plantar. Se ele está mais perto da indústria, tem que plantar um pouco mais adensado, se está mais distante, tem que colocar menos plantas por hectare”, alertou. 

Já Artur Falcette explicou como é conduzida a Integração Lavoura-Pecuária na propriedade, localizada em Maracaju e que produz soja, milho, aveia, gado de corte, cana-de-açúcar numa área de aproximadamente 5,5 mil hectares.Ele falou sobre os ganhos quando se tem uma atividade de agricultura integrada a de pecuária. “Tudo o que de uma você consegue aproveitar na outra, devido a alguns aspectos de profissionalização da agricultura, que melhora os níveis de maturidade de negócios, de trabalho, de utilização de tecnologias que é importante e, por outro lado, o que a pecuária consegue aproveitar do sistema da agricultura que seria uma perda natural do sistema” explicou. Disse, ainda, que o sucesso atual da propriedade está totalmente ligado à Integração Lavoura-Pecuária e que a pecuária ainda existe na propriedade graças à ILP.


O curso foi uma ação de um projeto de ILPF da Embrapa e da Rede de Fomento ILPF composta pela Cooperativa Cocamar e pelas empresas DowAgroscienses, John Deere, Parker e Syngenta.


Kadijah Suleiman (Analista A)
Jornalista, MTb RJ 22729
Núcleo de Comunicação Organizacional (NCO)
Embrapa Gado de Corte
Campo Grande/MS
Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa)


Embrapa no Facebook: www.facebook.com/agrosustentavel

Nenhum comentário:

+ LIDAS NOS ÚLTIMOS 30 DIAS

Arquivo do blog