A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT

A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT
AgroBrasil - @gricultura Brasileira Online
Ofereci meus ombros. Como escada ele subiu. Abri o caminho para ele passar. Na hora da porrada a cara era a minha. Fui seu irmão seu amigo e companheiro... Um dia encontrou comigo. Me deu um beijo. Virou as costas e partiu. Lembrei de Jesus e as 30 moedas"
Poema do mensaleiro João Paulo Cunha que revela a mágoa em relação ao ex-presidente LULArápio.
"Anos atrás recebi do então governador de Brasília Cristovam Buarque o ‘premio manuel bonfim’, atribuído ao meu livro "Chatô, o rei do Brasil". Já pedi à Marília para localizar a placa de prata. Vou devolver. de golpista não quero nada. Nem prêmio".

Escritor Petralha Fernando Morais

“Que pena que nossos gênios estejam tão obtusos. E tão viciados no aparelhamento. O PT corrompeu mais do que a política, corrompeu a inteligência e o caráter. E aos poucos vão mostrando que a volta da Dilma por mais dois anos, com essa gente, vai embrutecer o País e seguir se apropriando do Estado. Pior que não tem juiz Moro para este tipo de roubo: da inteligência e do caráter. Ele não falou em devolver os dez mil que recebeu do prêmio. Na época eram dez mil dólares. Nem o que ele fazia no governo do Quercia".

Senador Cristovam Buarque

+ LIDAS NA SEMANA

segunda-feira, abril 11, 2016

Café especial: Polônia desponta como principal mercado no leste Europeu



Café especial: Polônia desponta como principal mercado no leste Europeu

Missão nacional expôs os cafés especiais do Brasil na Eurogastro, em Varsóvia, e deve concretizar US$ 500 mil em negócios
 
A Polônia desponta como o principal mercado para cafés especiais no leste da Europa, devido ao tamanho de sua população e por ser a maior economia atual da região. A constatação foi tirada após participação brasileira na EuroGastro, a mais importante feira para o setor de hotelaria, restaurantes e café (HoReCa), realizada de 6 a 8 de abril, na capital Varsóvia. O nicho de cafés especiais do Brasil foi representado por seis empresas, que participaram do evento através de ação do projeto setorial Brazilian Specialty and Sustainable Coffees, desenvolvido por parceria firmada entre Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA) e Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil).

Conforme levantamento preliminar, os representantes do Brasil deverão realizar aproximadamente meio milhão de dólares em negócios com a participação na feira, sendo que US$ 80 mil já foram concretizados nos três dias da EuroGastro. "A Polônia é um mercado emergente, que vem crescendo muito em consumo. Quem estiver presente por lá agora, certamente permanecerá como fornecedor e viverá um cenário muito parecido com o observado na Austrália e na Coreia do Sul, nações que têm no Brasil seu principal fornecedor de café especial e que adquiriram, em 2015, US$ 16 milhões e US$ 15,7 milhões respectivamente", projeta Vanusia Nogueira, diretora da BSCA e coordenadora do projeto setorial pela Associação.

Os trabalhos dos associados da BSCA na feira focaram apresentações sobre o café especial brasileiro e sessões de degustação, despertando grande interesse. "Torrefadores, baristas e donos de cafeterias esgotaram os ingressos para a participação nas apresentações brasileiras durante toda a EuroGastro, o que evidencia que as ações do projeto Brazilian Specialty and Sustainable Coffees voltados à Polônia gerarão muita agregação de valor às exportações brasileiras de cafés especiais", afirma Vanusia.

A cultura do consumo de café na Polônia ainda incorpora elementos da antiga União Soviética, com o café solúvel predominando no varejo. Por outro lado, é nítido o desenvolvimento que o setor de cafés especiais vem apresentando. "Há lançamento de várias linhas gourmet por parte dos principais torrefadores e proliferação de cafeterias de alto nível nas principais cidades. Esse é um nicho que temos que aproveitar, uma vez que a maioria desses estabelecimentos não faz a própria torrefação, utilizando produto de torrefadores de cafés especiais europeus, e sabemos que o Brasil tem a expertise e a oferta de produto necessárias para ocupar esse espaço", conclui a diretora da BSCA.

SOBRE O PROJETO
O Brazilian Specialty and Sustainable Coffees é desenvolvido em parceria pela Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), tendo como foco a promoção comercial dos cafés especiais brasileiros no mercado externo. O objetivo é reforçar a imagem dos produtos nacionais em todo o mundo e posicionar o Brasil como fornecedor de alta qualidade, com utilização de tecnologia de ponta decorrente de pesquisas realizadas no País.

O projeto visa, também, a expor os processos exclusivos de certificação e rastreabilidade adotados na produção nacional de cafés especiais, evidenciando sua responsabilidade socioambiental e incorporando vantagem competitiva aos produtos brasileiros. Iniciado em 2009, a vigência do atual projeto vai de abril de 2014 ao mesmo mês de 2016 e os mercados-alvo são Estados Unidos, Japão, Coréia do Sul, Reino Unido e Austrália. As empresas que ainda não fazem parte do projeto podem obter mais informações diretamente com a BSCA, através dos telefones (35) 3212-4705 / (35) 3212-6302 ou do e-mail exec@bsca.com.br.

SOBRE A APEX-BRASIL
A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) atua para promover os produtos e serviços brasileiros no exterior e atrair investimentos estrangeiros para setores estratégicos da economia brasileira. A Agência realiza ações diversificadas de promoção comercial, como missões prospectivas e comerciais, rodadas de negócios, apoio à participação de empresas brasileiras em grandes feiras internacionais, e visitas de compradores estrangeiros e formadores de opinião para conhecer a estrutura produtiva brasileira.

Além da sede em Brasília, a Apex-Brasil possui nove Escritórios de Negócios em importantes mercados globais, para auxiliar no processo de internacionalização das empresas brasileiras, prospectar oportunidades de negócios e incrementar a participação nacional nos principais mercados globais, além de servir de referência para a atração de investimentos estrangeiros. Os Escritórios de Negócios estão localizados em Pequim - China, Miami e São Francisco - EUA, Bogotá - Colômbia, Dubai - Emirados Árabes Unidos, Havana - Cuba, Bruxelas - Bélgica, Moscou - Rússia, e Luanda - Angola.

SOBRE A BSCA
A BSCA é uma sociedade civil sem fins lucrativos que congrega pessoas físicas e jurídicas no mercado interno e externo de cafés especiais, buscando difundir e estimular o aprimoramento técnico na produção, comercialização e industrialização desses produtos, além de promover a preservação do meio ambiente e o desenvolvimento ambiental sustentável, através de programas, projetos e parcerias com entidades públicas ou privadas, nacionais ou estrangeiras.

Tem por finalidade, através de pesquisas e difusão de técnicas de controle de qualidade, a promoção de produtos e a elevação dos padrões de excelência dos cafés brasileiros. É a única instituição nacional a certificar lotes e a monitorar selos de controle de qualidade de cafés especiais, com rastreabilidade total através de numeração individual, que pode ser consultada pelo consumidor através do site (www.bsca.com.br).

Mais informações para a imprensa
BSCA – Assessoria de Imprensa
Paulo André Colucci Kawasaki
(61) 8114-6632 / ascom@bsca.com.br

Nenhum comentário:

+ LIDAS NOS ÚLTIMOS 30 DIAS

Arquivo do blog