A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT

A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT
AgroBrasil - @gricultura Brasileira Online
Ofereci meus ombros. Como escada ele subiu. Abri o caminho para ele passar. Na hora da porrada a cara era a minha. Fui seu irmão seu amigo e companheiro... Um dia encontrou comigo. Me deu um beijo. Virou as costas e partiu. Lembrei de Jesus e as 30 moedas"
Poema do mensaleiro João Paulo Cunha que revela a mágoa em relação ao ex-presidente LULArápio.
"Anos atrás recebi do então governador de Brasília Cristovam Buarque o ‘premio manuel bonfim’, atribuído ao meu livro "Chatô, o rei do Brasil". Já pedi à Marília para localizar a placa de prata. Vou devolver. de golpista não quero nada. Nem prêmio".

Escritor Petralha Fernando Morais

“Que pena que nossos gênios estejam tão obtusos. E tão viciados no aparelhamento. O PT corrompeu mais do que a política, corrompeu a inteligência e o caráter. E aos poucos vão mostrando que a volta da Dilma por mais dois anos, com essa gente, vai embrutecer o País e seguir se apropriando do Estado. Pior que não tem juiz Moro para este tipo de roubo: da inteligência e do caráter. Ele não falou em devolver os dez mil que recebeu do prêmio. Na época eram dez mil dólares. Nem o que ele fazia no governo do Quercia".

Senador Cristovam Buarque

+ LIDAS NA SEMANA

quinta-feira, abril 16, 2015

Brasil: A Nação do Café

The Coffee Nation
BSCA inicia uma nova história para os cafés especiais do Brasil
Entidade lançou o novo posicionamento “Brazil. The Coffee Nation” na 27ª Exposição Anual da Associação Americana de Cafés Especiais, principal feira mundial do setor

Uma nova história para os cafés especiais do Brasil teve início em Seattle, nos Estados Unidos, durante a principal feira mundial do setor, a 27ª Exposição Anual da Associação Americana de Cafés Especiais - 
27th Annual SCAA Exposition. Durante almoço organizado pelo Coffee Quality Institute (CQI) para um grupo de 500 profissionais de todo o mundo, a Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA), entidade parceira do Instituto no Brasil, lançou oficialmente seu novo conceito de branding: "Brazil. The Coffee Nation".
O novo posicionamento para os cafés especiais nacionais foi elaborado, com apoio da P&A Marketing e da BSCA, pela Place Branding, empresa contratada pelo projeto setorial Brazilian Specialty and Sustainable Coffees, que é desenvolvido em parceira pela Associação e pela Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil).
A ideia é mostrar que o Brasil tem uma história de sucesso no mundo do café, um setor que gera riqueza para as famílias produtoras, desde as pequenas e médias propriedades até as grandes fazendas. É o maior produtor e exportador e o segundo maior consumidor.
De acordo com o presidente da BSCA, Silvio Leite, o trabalho também tem o objetivo de mostrar o desempenho sustentável da cafeicultura nacional, em seu tripé social, econômico e ambiental, e expor a importante legislação que o sistema produtivo obedece, praticamente desconhecido pelos compradores internacionais.
“No Brasil, a aplicação da Lei Trabalhista abrange todos os direitos, com o trabalhador, em qualquer canto do País, amparado por uma legislação rígida ao produtor, porém justa para ambos. Além disso, nossos produtores respeitam e se preocupam sobremaneira com o meio ambiente em suas propriedades, de forma que, com base em nossa legislação, obrigatoriamente obedecem a Reserva Legal em 20% de suas fazendas para a proteção da biodiversidade”, salienta Leite.
O gestor do Brazilian Specialty and Sustainable Coffees na Apex-Brasil, Cláudio Borges, afirma que a parceria que a Agência mantém com a BSCA desde 2009 é motivo de orgulho e que, agora, atingiu um momento importantíssimo com a criação do conceito “Brazil. The Coffee Nation”. “Essa marca, no contexto da estratégia de branding, resume os atributos positivos dos nossos cafés especiais e vai posicionar o País muito além do posto que já ocupa de maior produtor e exportador mundial, para ser reconhecido também como origem de produtos high end, que já estão presentes nos mais sofisticados e exigentes centros de consumo. Neste momento e com esse projeto, o Brasil se posiciona perante o mercado e deixa de ser posicionado por ele e pela concorrência”, reforça Borges.
A definição do novo conceito “Brazil. The Coffee Nation” foi elaborada com o empenho dos associados e o apoio dos conselheiros da BSCA após pesquisas realizadas nos mais diversos âmbitos dos mercados interno e externo, que identificaram “autenticidade”, “conveniência” e “gourmetização” como aspectos valorizados pelos consumidores, sendo reflexos exatos do mercado de cafés especiais, cujos atores devem se preocupar e exercer o conceito de sustentabilidade em todos os seus trâmites, demonstrando que os cafés brasileiros especiais são voltados para pessoas também especiais.
“As ações promocionais sob o conceito ‘Brazil. The Coffee Nation’ apresentarão aos consumidores brasileiros e internacionais a cultura e a história de sucesso do País no café, revelando a paixão, a história e a tradição de sustentabilidade, e o sucesso do Brasil como produtor, industrial e exportador, além de trazer à tona o profissionalismo, o conhecimento, a diversidade e o comprometimento com os compradores.
“Vivemos intensamente uma verdadeira cultura do café e temos grande conhecimento para produzir grãos fantásticos, fruto da parceria com centros acadêmicos de ponta. Há 300 anos o Brasil vem construindo uma identidade forte e diferenciada, com o intuito de agregar ainda mais valor aos nossos produtos, cultivados e elaborados com a excelência que só os brasileiros possuem e vinculados ao glamour da ponta compradora”, destaca a diretora executiva da BSCA, Vanusia Nogueira.
O presidente da entidade recorda que o trabalho também foca a diversidade das regiões produtoras e os tipos de cafés cultivados no Brasil, detalhando as opções disponíveis para todos os segmentos, o tamanho das propriedades/produtores e os processos de colheita.  “O País tem muito a apresentar ao mundo do café e esse novo conceito é uma forma para perdermos essa timidez. Como o povo brasileiro, que tem muitos rostos, os cafés do Brasil também possuem uma diversidade de tipos e sabores, produção de qualidade, cafés comerciais e high comercials, identificados por fazendas, micro e nano lotes, além de cafés padrão Cup of Excellence, um programa que se iniciou no Brasil e tem sido extraordinário para mostrar aos compradores mais exigentes os processos que geram joias raras, que surpreendem o mundo, incluindo, mais recentemente, os grãos naturais especiais, com sabores extraordinários”, sinaliza.
Silvio Leite completa que o programa almeja, ainda, mostrar que há profissionais especializados no Brasil e que o País tem conhecimento, pesquisa, tecnologia e, principalmente, sustentabilidade social. “Somos o paraíso dos Coffee Hunters (caçadores de cafés diferenciados) e temos joias raras para o mundo. Assim, o que faremos é abandonar a ideia de ‘o Brasil tem uma história de sucesso no café, mas parece que tem vergonha de contar’”, conclui.
NO BRASILO lançamento nacional do novo posicionamento “Brazil. The Coffee Nation” será realizado ao longo do 6º Forum & CoffeeDinner, organizado pelo Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (CeCafé), em 18 de maio, na Sala São Paulo, na capital paulista, durante jantar e programação noturna do evento. Os interessados podem assistir ao vídeo com o novo conceito “Brazil. The Coffee Nation” no canal da BSCA no Youtube, através do link https://youtu.be/QzLIyjlAZsg.
SOBRE O PROJETOBrazilian Specialty and Sustainable Coffees tem como foco a promoção comercial dos cafés especiais brasileiros no mercado externo. O objetivo é reforçar a imagem dos produtos nacionais em todo o mundo e posicionar o Brasil como fornecedor de alta qualidade, com utilização de tecnologia de ponta decorrente de pesquisas realizadas no País. O projeto visa, também, expor os processos exclusivos de certificação e rastreabilidade adotados na produção nacional de cafés especiais, evidenciando sua responsabilidade socioambiental e incorporando vantagem competitiva aos produtos brasileiros. Iniciado em 2009, a vigência do atual projeto vai de abril de 2014 ao mesmo mês de 2016 e os mercados-alvo são Estados Unidos, Japão, Coréia do Sul, Reino Unido e Austrália.
As empresas que ainda não fazem parte do projeto podem obter mais informações diretamente com a BSCA, através dos telefones (35) 3212-4705 / (35) 3212-6302 ou do e-mail exec@bsca.com.br.

1

Nenhum comentário:

+ LIDAS NOS ÚLTIMOS 30 DIAS

Arquivo do blog