A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT

A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT
AgroBrasil - @gricultura Brasileira Online
Ofereci meus ombros. Como escada ele subiu. Abri o caminho para ele passar. Na hora da porrada a cara era a minha. Fui seu irmão seu amigo e companheiro... Um dia encontrou comigo. Me deu um beijo. Virou as costas e partiu. Lembrei de Jesus e as 30 moedas"
Poema do mensaleiro João Paulo Cunha que revela a mágoa em relação ao ex-presidente LULArápio.
"Anos atrás recebi do então governador de Brasília Cristovam Buarque o ‘premio manuel bonfim’, atribuído ao meu livro "Chatô, o rei do Brasil". Já pedi à Marília para localizar a placa de prata. Vou devolver. de golpista não quero nada. Nem prêmio".

Escritor Petralha Fernando Morais

“Que pena que nossos gênios estejam tão obtusos. E tão viciados no aparelhamento. O PT corrompeu mais do que a política, corrompeu a inteligência e o caráter. E aos poucos vão mostrando que a volta da Dilma por mais dois anos, com essa gente, vai embrutecer o País e seguir se apropriando do Estado. Pior que não tem juiz Moro para este tipo de roubo: da inteligência e do caráter. Ele não falou em devolver os dez mil que recebeu do prêmio. Na época eram dez mil dólares. Nem o que ele fazia no governo do Quercia".

Senador Cristovam Buarque

quarta-feira, setembro 10, 2014

OSSAMI SAKAMORI: Marina Silva, a camaleoa!



Não entendo o eleitorado brasileiro, se é que as pesquisas eleitorais estejam retratando a realidade. Já ajudei nos bastidores das campanhas majoritárias no meu estado e sei que as pesquisas são manipulados conforme desejo quem contrata. Mas, vamos lá. Vamos admitir que as pesquisas estejam corretas.

As pesquisas feitas pelos mesmos institutos de pesquisas, que são privadas, apontam que 70% do eleitorado brasileiro deseja, neste momento, mudanças no rumo da política econômica. Isto parece ser consenso.

As pesquisas apontam as candidatas Marina Silva, PSB/AC e Dilma Rousseff, PT/RS disputando as primeiras posições e Aécio Neves, PSDB/MG em terceira posição.

Que mudança querem os eleitores, se a Dilma Rousseff representa a continuidade da política econômica equivocada? Que mudança querem os eleitores, se a Dilma representa o mais perverso bando de rapinas que dilapidam o patrimônio público? São inúmeros escândalos de ladroagem na administração Dilma, que um deles resultou no denominado "Petrolão". A permanência da Dilma Rousseff por mais 4 anos é continuidade do processo de ladroagem, que iniciou no mandato do seu antecessor Luís Inácio Lula da Silva, PT/SP.

Que mudança querem os eleitores, se a Marina Silva representou até há 4 anos, como Senadora do PT/AC por dois mandatos, 16 anos. A Marina Silva, foi ministra do Meio Ambiente do governo Lula. Até então, concordava com a política do PT que tanto critica hoje como candidata, rotulando-a de "velha política". O que mudou na Marina Silva, depois de longos anos de militância no PT?

Marina Silva é esperta. Marina Silva, hoje defende a "nova política", criticando a polarização PT/ PSDB. Isto é uma estratégia esperta da Marina. Ao defender a "nova política", criticando o "toma lá, dá cá" e colocando os principais partidos que comanda a política nos últimos 20 anos como algozes, ela chama atenção para si. Tese brilhante do marqueteiro dela. Uma forma de livrar se roupagem antiga.

Engana-se os eleitores brasileiros. A Marina Silva não defende a "nova política". A Marina Silva defende a velha teoria "neoliberal" do PSDB. Defende o mesmo tripé econômico, em tese, do Aécio Neves, PSDB/MG, o "neoliberal" original. Marina Silva tem a petulância de dizer que o Aécio Neves é que está copiando o programa dela. Isto já é demais. Mas o povo acredita na "coitadinha" da Marina Silva. Deve estar mesmo pensando que o Aécio Neves esteja copiando o programa da Marina Silva.

Na área política, a Marina Silva, não diferencia em nada dos "velhos políticos". O partido que ela pertence, o PSB, está envolvido em contratação de aviões em nome de laranjas. O partido dela, o PSB, é apontado como um dos beneficiários importantes do "Petrolão", ao lado de figuras como Edison Lobão, PMDB/MA, Renan Calheiros, PMDB/AL, Henrique Alves, PMDB/RN. O seu partido PSB que está metido até o pescoço no "Petrolão", nada mais do que representante da "velha política". 

Na área econômica, Marina Silva está sendo assessorada pela Neca Setúbal, controladora junto com o irmão Roberto Setúbal, do Banco Itaú. Que "nova política" quer adotar a Marina se ela tem colaboração do sistema bancário que ela, há apenas 4 anos atrás, criticava como "elites" que saqueavam o País. Hoje, Marina é "repaginada". Marina de hoje, quer distância do MST, que era a sua sustentação política de antes. Hoje, a Marina Silva representa, em tese de marketing, à direita do Aécio Neves. Que guinada, não é, Marina?

Quem defende a maneira "neoliberal" ortodoxa de resolver os problemas do País, sem sobressaltos, com metas definidas em política econômica, como Aécio Neves faz. O povo prefere a "salvadora da pátria", a Marina Silva, mesmo que ela tenha feito "lavagem cerebral" e tenha mudado para o pensamento "neoliberal", pregando a "nova política" com os "velhos políticos". O povo, por enquanto, está preferindo a cópia ao original. Fazer o que?

Marina Silva é um verdadeiro camaleão que muda de "cores" conforme o ambiente que vive. Eu continuo firme com o meu candidato neoliberal original Aécio Neves e sua equipe de formuladores da política econômica representada pelo Armínio Fraga. Eu fico com o Aécio Neves, que propõe, trazer o ambiente econômico que possibilite o desenvolvimento sustentável da economia do Brasil por longos anos. Não propõe nenhuma aventura.

No outro lado estão a Dilma chefe da ladroagem e a Marina camaleoa. As duas representam, na verdade, a velha prática do mestre de ambas, o Lula, contador de mentiras e chefe da quadrilha de arrombadores de cofres públicos.


Ossami Sakamori

Nenhum comentário:

Arquivo do blog