A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT

A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT
AgroBrasil - @gricultura Brasileira Online
Ofereci meus ombros. Como escada ele subiu. Abri o caminho para ele passar. Na hora da porrada a cara era a minha. Fui seu irmão seu amigo e companheiro... Um dia encontrou comigo. Me deu um beijo. Virou as costas e partiu. Lembrei de Jesus e as 30 moedas"
Poema do mensaleiro João Paulo Cunha que revela a mágoa em relação ao ex-presidente LULArápio.
"Anos atrás recebi do então governador de Brasília Cristovam Buarque o ‘premio manuel bonfim’, atribuído ao meu livro "Chatô, o rei do Brasil". Já pedi à Marília para localizar a placa de prata. Vou devolver. de golpista não quero nada. Nem prêmio".

Escritor Petralha Fernando Morais

“Que pena que nossos gênios estejam tão obtusos. E tão viciados no aparelhamento. O PT corrompeu mais do que a política, corrompeu a inteligência e o caráter. E aos poucos vão mostrando que a volta da Dilma por mais dois anos, com essa gente, vai embrutecer o País e seguir se apropriando do Estado. Pior que não tem juiz Moro para este tipo de roubo: da inteligência e do caráter. Ele não falou em devolver os dez mil que recebeu do prêmio. Na época eram dez mil dólares. Nem o que ele fazia no governo do Quercia".

Senador Cristovam Buarque

+ LIDAS NA SEMANA

quinta-feira, maio 01, 2014

FOLHA POLÍTICA: 'Estou em uma batalha com poderosos que querem me calar', diz Sheherazade; assista ao vídeo

Da Folha Política
Em discurso transmitido pela TVC, a jornalista Rachel Sheherazade afirmou que está travando uma "batalha diária" com poderosos que a querem calada


Segundo Sheherazade, a ameaça de perda de verbas publicitárias governamentais milionárias, bem como de perda da concessão pública, constitui uma chantagem à emissora em que trabalha, o SBT, com o intuito de prejudicar o seu trabalho.


No ensejo, elogiou a coragem de Sílvio Santos por lhe dar plena liberdade. Ademais, a comunicadora criticou opiniões de jornalistas que, segundo ela, estariam apoiando a censura em pleno Estado Democrático de Direito, além de criticá-la tão-somente pelo livre exercício de opinião. 


Rachel reclamou, ainda, da omissão da classe jornalística e outras entidades no que toca a ameaças contra a sua pessoa, inclusive de estupro: "Nunca nenhuma entidade ligada aos direitos das mulheres veio me defender, veio defender a minha honra como mulher, como ser humano que sou".
"No dia em que eu não puder falar mais não é porque eu quis me calar, mas porque me calaram, é o dia em que a mordaça venceu mais uma vez a liberdade de expressão", concluiu, citando a célebre frase atribuída a Voltaire: "Posso não concordar com uma palavra do que dizes, mas defenderei até a morte o direito de dizê-las".

Do Canal Rachel Sheherazade Oficial  no YouTube, publicado em 09/04/2014
 


Recebi o Diploma de Honra ao Mérito na Câmara Municipal de João Pessoa. Assistam ao meu discurso de agradecimento a todos os cidadãos que tem me apoiado na missão de construir um Brasil melhor.


Um comentário:

Fco Illes disse...

Ouvimos constantemente políticos dizerem"VIVEMOS UMA PLENA DEMOCRACIA E LIBERDADE DE EXPRESSÃO".Mas onde estamos se no caso da Sheherazade,que é uma jornalista,a mesma está sendo proibida no seu direito de falar.lAMENTÁVEL ISSO.

+ LIDAS NOS ÚLTIMOS 30 DIAS

Arquivo do blog