A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT

A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT
AgroBrasil - @gricultura Brasileira Online
Ofereci meus ombros. Como escada ele subiu. Abri o caminho para ele passar. Na hora da porrada a cara era a minha. Fui seu irmão seu amigo e companheiro... Um dia encontrou comigo. Me deu um beijo. Virou as costas e partiu. Lembrei de Jesus e as 30 moedas"
Poema do mensaleiro João Paulo Cunha que revela a mágoa em relação ao ex-presidente LULArápio.
"Anos atrás recebi do então governador de Brasília Cristovam Buarque o ‘premio manuel bonfim’, atribuído ao meu livro "Chatô, o rei do Brasil". Já pedi à Marília para localizar a placa de prata. Vou devolver. de golpista não quero nada. Nem prêmio".

Escritor Petralha Fernando Morais

“Que pena que nossos gênios estejam tão obtusos. E tão viciados no aparelhamento. O PT corrompeu mais do que a política, corrompeu a inteligência e o caráter. E aos poucos vão mostrando que a volta da Dilma por mais dois anos, com essa gente, vai embrutecer o País e seguir se apropriando do Estado. Pior que não tem juiz Moro para este tipo de roubo: da inteligência e do caráter. Ele não falou em devolver os dez mil que recebeu do prêmio. Na época eram dez mil dólares. Nem o que ele fazia no governo do Quercia".

Senador Cristovam Buarque

+ LIDAS NA SEMANA

terça-feira, abril 05, 2005

É tempo de proteger o rebanho contra os parasitas

Simpósio itinerante da Pfizer divulga o conceito do controle estratégico de verminoses para o campo. Retorno sobre investimento é o foco da discussão.
Ganho de peso superior e antecipação da idade do abate são os resultados esperados quando se adota o controle estratégico de verminoses no período adequado e da forma correta. Com o objetivo de divulgar o método, a Divisão de Saúde Animal da Pfizer dá início ao II Simpósio sobre Verminose Bovina: prejuízos econômicos e importância do controle estratégico. Ao longo de todo o mês de abril e início de maio, especialistas e técnicos de campo vão percorrer 35 cidades das cinco regiões do País.
O controle estratégico é um método que preconiza a vermifugação do rebanho nos meses de maio, julho e setembro. Também é conhecido nas fazendas como Programa 5-7-9, em referência aos meses em que os animais devem receber as doses de antiparasitário. O objetivo é preventivo, protegendo o rebanho e mantendo a população de vermes em nível compatível com a produção animal.
Além do ganho de peso adicional de 30 a 40 kg em cada animal, o controle estratégico 5-7-9 proporciona diminuição de 2% na mortalidade e redução dos custos de produção, já que doses de antiparasitários não são desperdiçadas. A relação custo-benefício é altamente favorável. "O retorno do capital investido pode chegar a quase 500%", afirma o professor Ivo Bianchin, pesquisador da Embrapa Gado de Corte e um dos idealizadores do controle estratégico.
O Programa 5-7-9 nasceu de 6 anos de pesquisa da Embrapa em parceria com a Pfizer. Dectomax, antiparasitário da Pfizer, foi o produto avaliado nesses anos de pesquisa. Ao estudar os efeitos do controle estratégico sobre a produtividade, a Embrapa constatou que o método proporciona ganho de peso adicional aos animais tratados em comparação ao grupo controle (bovinos não tratados). Esse ganho de peso significa antecipação de 3,5 meses na idade ao abate. Comparado com o sistema tradicional de vermifugação, realizado em maio e novembro, o Programa 5-7-9 proporciona diferencial de 9 kg/animal em ganho de peso.
"Os produtores desconhecem o que é controle estratégico. Quando são informados sobre o programa logo adotam o método", diz Bianchin. "Nosso objetivo é levar o controle estratégico para o maior número de produtores em todo o País, preconizando o uso racional dos medicamentos e o maior retorno sobre o investimento", afirma Elio Moro, gerente de marketing de antiparasitários da Divisão de Saúde Animal da Pfizer. No ano passado, após o I Simpósio sobre Verminose Bovina, mais de 50% dos fazendeiros presentes no evento adotaram o Programa 5-7-9 em suas propriedades.
Três professores são os palestrantes do II Simpósio sobre Verminose Bovina: Ademir Pereira, da Universidade Estadual de Londrina (UEL); Romário Leite, da Escola de Veterinária da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG); Ivo Bianchin, pesquisador da Embrapa Gado de Corte.

Serviço:
Há vários produtores que já usam o Programa 5-7-9. Para agendar entrevista com um deles, entre em contato conosco.
Para falar sobre o Programa 5-7-9, sugerimos entrevista com um dos professores palestrantes.

A Pfizer é uma empresa de origem norte-americana que pesquisa, desenvolve e comercializa medicamentos líderes nas áreas de saúde humana e animal, além de possuir algumas das marcas mais conhecidas no setor de consumo. Presente em mais de 150 países, a empresa está no Brasil desde 1952 e, atualmente, tem mais de 2 mil funcionários.
São mais de 90 produtos no portfólio da Divisão de Saúde Animal da Pfizer. Entre os de maior destaque estão: Dectomax (antiparasitário para bovinos), TopTag (brinco para controle da mosca-dos-chifres em bovinos), CIDR (progesterona natural para aumentar a eficiência reprodutiva), Lutalyse (prostaglandina natural), Pathozone (antimastítico), RespiSure e RespiSure One (vacina contra pneumonia enzoótica em suínos), Lincomix e Linco-Spectin (antibióticos para o tratamento de infecções de aves e suínos), Revolution (medicamento contra parasitas externos e internos de cães e gatos), Rimadyl (antiinflamatório para artrite canina), Vanguard (vacina contra importantes doenças dos cães). A Pfizer também tem atuação na área agrícola, com destaque para os fertilizantes Cofermol-Plus (para culturas de soja, feijão, vagem, ervilha, alfafa e milho), Plantin Citrus (frutas cítricas) e Plantin II (café, algodão, frutas e hortaliças).

Como o consumidor pode entrar em contato com a Divisão de Saúde Animal da Pfizer:
www.pfizersaudeanimal.com.br ou telefone 0800 11 19 19.


Calendário – II Simpósio sobre Verminose Bovina

Região Norte
Tocantins
Araguaína – 13 de abril
Rondônia
Arquimedes – 13 de abril
Acre
Rio Branco – 14 de abril
Pará
Redenção – dia 15 de abril

Região Nordeste
Maranhão
São Luís – 11 de abril
Bacabal – 12 de abril
Bahia
Feira de Santana – 18 de abril
Eunápolis – 19 de abril

Região Centro-Oeste
Mato Grosso do Sul
Jardim – 8 de abril
Nova Andradina – 18 de abril
Miranda – 18 de abril
Amambaí – 19 de abril
Coxim – 19 de abril
Camapuã – 20 de abril
Goiás
Goiânia – 25 de abril
Quirinópolis – 25 de abril
Jataí – 26 de abril
São Miguel do Araguaia – 28 de abril
Mato Grosso
Barra do Garças – 27 de abril
Tangará da Serra – 2 de maio
Juína – 3 de maio
Alta Floresta – 5 de maio

Região Sudeste
São Paulo
Presidente Venceslau – 4 de abril
Avaré – 5 de abril
Bauru – 6 de abril
São José do Rio Preto – 7 de abril
Minas Gerais
Ituiutaba – 4 de abril
Patos de Minas – 5 de abril
Janaúba – 6 de abril
Juiz de Fora – 12 de abril
Ouro Preto – 12 de abril
Governador Valadares – 14 de abril
Espírito Santo
Vitória – 13 de abril

Região Sul
Paraná
Umuarama – 5 de abril
Santo Antônio da Platina – 6 de abril



CDN - Companhia de Notícias
Luciana Miranda / Luna Andrade
(11) 3643-2776 / (11) 3643-2779

Nenhum comentário:

+ LIDAS NOS ÚLTIMOS 30 DIAS

Arquivo do blog