A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT

A MILÍCIA BOLIVARIANA DO PT
AgroBrasil - @gricultura Brasileira Online
Ofereci meus ombros. Como escada ele subiu. Abri o caminho para ele passar. Na hora da porrada a cara era a minha. Fui seu irmão seu amigo e companheiro... Um dia encontrou comigo. Me deu um beijo. Virou as costas e partiu. Lembrei de Jesus e as 30 moedas"
Poema do mensaleiro João Paulo Cunha que revela a mágoa em relação ao ex-presidente LULArápio.
"Anos atrás recebi do então governador de Brasília Cristovam Buarque o ‘premio manuel bonfim’, atribuído ao meu livro "Chatô, o rei do Brasil". Já pedi à Marília para localizar a placa de prata. Vou devolver. de golpista não quero nada. Nem prêmio".

Escritor Petralha Fernando Morais

“Que pena que nossos gênios estejam tão obtusos. E tão viciados no aparelhamento. O PT corrompeu mais do que a política, corrompeu a inteligência e o caráter. E aos poucos vão mostrando que a volta da Dilma por mais dois anos, com essa gente, vai embrutecer o País e seguir se apropriando do Estado. Pior que não tem juiz Moro para este tipo de roubo: da inteligência e do caráter. Ele não falou em devolver os dez mil que recebeu do prêmio. Na época eram dez mil dólares. Nem o que ele fazia no governo do Quercia".

Senador Cristovam Buarque

sexta-feira, janeiro 28, 2005

Ferrugem asiática é confirmada na Bahia

O Consórcio Anti-Ferrugem, coordenado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, acaba de confirmar a presença da ferrugem asiática da soja em lavoura comercial de Luís Eduardo Magalhães (BA). Com isso, chega a 13 os estados brasileiros (MT, PR, RS, MA, GO, MS, MG, SP, SC, DF, TO, RO e BA) onde há a presença do fungo causador da doença. O número de municípios com ferrugem asiática no Brasil também sobe para 333.
A doença foi identificada na Bahia, por intermédio de amostras de soja que encontravam-se no final da floração (tecnicamente conhecidos por estádios R2 e R3), pelo Centro de Diagnóstico de Ferrugem/SOS Soja (Bayer) e confirmada pela Fundação Bahia, credenciada ao Consórcio.
A pesquisadora Cláudia Godoy, da Embrapa Soja, afirma que a tendência é que a ocorrência da ferrugem asiática comece a aumentar nas lavouras, em função das chuvas freqüentes, nessa época do ano, na maioria das regiões brasileiras. “No entanto, os produtores parecem mais atentos para o controle da ferrugem nesta safra, em função do conhecimento adquirido sobre a doença nos anos anteriores”, afirma Cláudia.
A relação de municípios onde há focos de ferrugem, o mapa com os locais onde há ocorrência da doença, assim como dados relativos ao controle da doença, entre outros, estão disponíveis no Sistema de Alerta:
www.cnpso.embrapa.br/alerta.

Jornalista: Lebna Landgraf (MTb 2903)
Embrapa Soja
Telefone: (43) 3371-6061

Nenhum comentário:

Arquivo do blog